Pesquisar este blog

30 de dez de 2011

Post especial para o público infanto juvenil

Esse post é para a galerinha mirim. É muito importante que nossas crianças aprendam sobre a nossa cultura afrobrasileira, se identifiquem e se orgulhem dela. Reuní algumas sugestões de programas de férias, livros, vídeos e programa de rádio sobre cultura afro-brasileira para o público mirim. Clique nos links para terem acesso a mais informações.


A primeira sugestão é uma visita ao Museu Afro Brasileiro, há programação especial de férias:


Em 2011, descobri a existência de uma rádio on line chamada Povinho de Ketu, idealizado pela Kiusam de Oliveira. Povinho de Ketu é uma série de seis programas de rádio para os públicos infantil e juvenil que tem como propósito compartilhar conhecimentos voltados para as africanidades e saberes tradicionais que circulam nos espaços socioculturais das comunidades de terreiro da nação Ketu. E está disponível no final da página: http://www.arpub.org.br/index.php?option=com_wrapper&Itemid=288



Na net há vários vídeos curtos e muito fofos. Abaixo, seguem alguns:

Conto sobre Exu:
Este conto apresenta brevemente a historia da divindade do candomblé afrodescendente Exu, esta divindade faz parte do panteão africano e possui como responsabilidade o contato intermediário entre os homens e outros Orixás, sendo o grande mensageiro.

Bruna e a Galinha d'Angola:

História completa dos orixás:


Conheci a Lúcia Makena, uma educadora que faz bonecas negras lindas e chaveiros, vale a pena conhecer o trabalho dela e ter uma das suas bonecas maravilhosas. Contatos:
Facebook: Lucia Makena


E é claro, que não poderia faltar sugestão de leituras.

Minhas Contas: tematiza a tolerância religiosa ao contar a história de uma amizade abalada pelo preconceito.



Omo Oba - História de princesas
O livro reconta mitos africanos, divulgados nas comunidades de tradição ketu, pouco conhecidos pelo público em geral e que reforçam os diferentes modos de ser em relação ao feminino. Os seis mitos apresentados têm o objetivo de fortalecer a personalidade de meninas de todos os tempos.
 Uma princesa nada boba:
"Por que eu não podia ser igual a uma princesa?", é a pergunta da protagonista deste livro e de muitas meninas reais que aparentemente não se encaixam nos padrões de beleza que veem na televisão e nos livros: cachos dourados, rosto fino, pele clara... Quando vai até a casa da avó com este questionamento na ponta da língua, a menina vive uma transformação ao descobrir a história de princesas africanas que existiram de verdade e até vieram para o Brasil.

Lendas da África Moderna
Contos e recontos de lendas da África atual permitem viajar e conhecer a língua do griô, menestréis contadores de histórias, do Mali; a visionária menina Kikuiu que ajudou a salvar o Quênia das fendas que se abriam no chão e tragavam tudo; Madiba: a lenda viva da África do Sul que procurava resolver todos os conflitos pelo caminho da paz; e o brinco de ouro, de Gana, em que um brinco de uma antiga princesa tem o poder extraordinário de fazer quem o usa colocar todas as suas ideias em prática.

É isso galera, o post está de bom tamanho,  por isso, no próximo ano, escrevo outro com mais sugestões.
Axé!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário